quarta-feira, 5 de julho de 2017

Com Plínio suspenso, Botafogo deve ter Bruno Maia e André Santos na zaga contra o Sampaio

Sem poder contar com o zagueiro Plínio (suspenso pelo terceiro cartão amarelo), na partida contra o Sampaio Corrêa, no próximo domingo, o Botafogo deve ter uma dupla de zaga inédita na Série C do Campeonato Brasileiro.

Bruno Maia admite que a ausência do capitão do time é uma perda considerável, mas confia que a parceria com André Santos tem tudo para dar certo.

- Perder um grande jogador como é o Plínio é difícil, mas o André é um grande jogador, deu conta do recado quando eu estive fora, e eu tenho certeza que ele vai dar conta do recado agora de novo - avaliou Bruno Maia.

André Santos foi titular do Botafogo-PB - ao lado de Plínio - na derrota para o Fortaleza (1 a 0) e nas vitórias sobre CSA (2 a 0) e Remo (3 a 2). Nessas ocasiões - mesmo na derrota para o Tricolor cearense -, ele foi bastante elogiado pelos companheiros e pelo técnico.

Com André Santos como titular, o Belo sofreu três gols em três jogos, o que corresponde a uma média de um gol por jogo. Esse número é superior à média do time na competição, que é de 0,62 gols sofridos por partida. Com Bruno Maia como titular, o Alvinegro sofreu apenas dois gols em cinco jogos (média de 0,4). Resta saber como a equipe vai se comportar no domingo, contra o Sampaio Corrêa, tendo os dois como titulares.

Vale lembrar que, no momento, Plínio, Bruno Maia e André Santos são os únicos especialistas da posição no elenco do Botafogo. O lateral-esquerdo Jadson também atua como zagueiro, mas só deve ser a opção de Schülle para a zaga quando faltarem peças para esse setor.

Com GE