segunda-feira, 10 de julho de 2017

Copa João Pessoa Sub-20 - Semifinais

Na Competição de Base que já se tornou tradicional em João Pessoa, e que a cada ano ganha novos participantes ocorreu mais uma fase decisiva dessa vez pelas Semifinais da Copa JP.

No Jogo Preliminar foi realizado mais um confronto entre União x FlaJampa no mesmo ano de Competição, em um jogo que para muitos estava sendo considerada uma final antecipada. Para quem estava acompanhando a partida, o que se viu em campo foi o completo dominio do FlaJampa, que não tomou conhecimento do adversário e goleou o União pelo placar de 3 a 0.

Na opinião do Treinador do FlaJampa Jó Silva, se viu surpreso com o empenho e determinação de seus jogadores, e apesar de ter escalado um time mais ofensivo, esperava que houvesse mais equilibrio na partida, já que o União vinha em uma crescente na Competição após ter sofrido em seu inicio.

1º TEMPO - PRESSÃO, GOL ANULADO, PERSISTÊNCIA e SUFOCO

A partida começou com certo equilibrio pelas duas Equipes, mais o FlaJampa se mostrava mais perigoso nos lances de ataque, que em seu primeiro momento de perigo numa cobrança de falta, teve um gol do atacante Reje, com um desvio de cabeça anulado pela arbitragem, que auxiliado pelo assistente que viu impedimento muito contestado pelos próprios jogadores pela anulação do gol, mesmo assim a Equipe não perdeu o foco na partida e continuou pressionando o União que acabou sendo premiado com a abertura do placar com o atacante Juninho, que se encontrava bem posicionado entre os zagueiros que frente a frente com o goleiro, teve tranquilidade para abrir o placar, 1 a 0 FlaJampa. Com o placar favorável o FlaJampa começou a tocar a bola e procurar o melhor momento para atacar, e quase fez o segundo em um lance de extrema categoria do meia Douglas que foi entrando pela grande levando três jogadores,e ao chegar na linha de fundo cruzou  voltando para a pequena aréa que  acabou encontrando o atacante Reje livre de marcação que ao escorar para o gol, viu o zagueiro tirar em cima da linha, aquele que seria o 2º gol do FlaJampa. Depois disso, o que se viu foi a reação na partida do União, que começou a pressionar mais o seu adversário, começando a perder lances incríveis, e perdendo o melhor chance de empate no primeiro tempo, quando retomou a bola na intermediaria e ao lançar o seu atacante, o goleiro do FlaJampa rebateu com seu próprio zagueiro e ao sobrar para o atacante do União, chutou em diagonal e por incrível que pareça, a bola cruza toda aréa sem goleiro e abola acaba não entrando para o gol.

2º TEMPO - SEM DAR CHANCES PARA NOVOS ERROS e MAIS UMA FINAL

O FlaJampa não querendo dar chance ao União crescer na partida, começou após o intervalo pressionando e logo no primeiro lance do 2ºt chegou ao seu 2º gol, em um lance de infelicidade do zagueiro Alexandre Neno, que ao tentar cortar o cruzamento do lateral do FlaJampa, a bola acaba bate em seu corpo entrando e fazendo gol contra a sua Equipe, mesmo assim o jogo continuou com amplo dominii do FlaJampa, que começou a tocar a bola novamente e com a forte marcação não dava chance de reação ao União, até a expulsão do 2º volante Emerson Aranha, quando surgiu uma boa oportunidade do União ir em busca de uma reação, com um jogador a mais e sem alternativa  precisando empatar a partida para levar ao menos para os penaltis, o União se lançou ao ataque e começou surgir boas oportunidades, até que em uma bola perdida de contra ataque, originou um contra ataque adverso para o FlaJampa, que em na velocidade do atacante Everton Vitor, acabou sendo derrubado na entrada da aréa, penalti assinalado pelo arbitro, na cobrança feita pelo seu goleiro, bateu no canto e forte sem chances de qualquer defesa e fazendo o 3º e fechando o placar da partida.

Com o Resultado o FlaJampa consegue sua 2ª Vitória diante do União na Copa JP só este ano e obtendo a vaga para a Grande Final contra a Juventus, e reeditando a Final de 2016 aonde o Juventus sagrou-se Campeã nas penalidades após empate no tempo normal.

Para o técnico do FlaJampa será a sua 3ª Final nos últimos 4 anos de disputa, que além da busca pelo título pelo FlaJampa, busca o Bi-Campeonato como conquista pessoal, já que conquistou pela Equipe do União o primeiro Título do Clube na Copa JP de 2014, e desde que se desligou do Clube no mesmo ano, ja enfrentou por quatro oportunidades seu Ex-Clube, em 2015 no comando o MIXTO de Mangabeira o placar de empate em 1 a 1, com o gol de Zé Pequeno,  e nas três ultimas saiu-se vitorioso já sob o comando do FlaJampa, com os placares de 1 a 0 em 2016 com gol de Alvaro, e neste ano de 2017 os placares foram de 2 a 0 com gols de Reje e Douglas Hebertt na 1ª Fase e agora na semifinal com um placar de 3 a 0, com gols assinalados por Juninho, Alexandre Neno(contra) e Hilário de penalti.

No Jogo principal entre Catuense A e Juventus, a partida foi decidida nos penaltis após um novo empate, como ocorreu na 1ª fase mais dessa vez terminada em 1 a 1, o jogo foi de completo dominio da Catuense, que teve tudo pra sair com a vitória quando tava com a partida empatada e teve um penalti defendido pelo goleiro, o jogo foi marcado por várias expulsões, sendo duas para cada lado, além do treinador da Equipe da Juventus.

Com a vitória nos penaltis da Juventus ela chega a sua 3ª Final seguida, em 2015 representou a Equipe do União e se sagrou Campeã, naquele ano como também ano passado com o nome da própria Juventus sendo Bi no certame. Com a terceira final seguida vai em busca de mais uma conquista, que será contra o FlaJampa, mesma equipe que também fez a final de 2016.

SINAL DE UM GRANDE JOGO.