Rafael Oliveira confirma segundo adeus ao Belo e agradece ao clube pela recuperação

Chegou ao fim a segunda passagem de Rafael Oliveira no Botafogo. E quem confirmou o adeus foi o próprio atacante, que, por ora de férias, mantém a forma física em uma academia de João Pessoa. Em um ano de altos e baixos, o jogador deixa o Belo como artilheiro da equipe na temporada, com 23 gols marcados. No entanto, o camisa 19 afirmou que sai com a cabeça erguida e agradeceu ao clube por ter lhe ajudado na recuperação, quando chegou na reta final de 2016.

Com o fim da participação do Botafogo na Série C, Rafael Oliveira confirmou quatro propostas da Série B: CRB, Paysandu, Criciúma e Guarani.

- Eu tenho propostas no papel. Vou conversar com Breno e agradecer a ele por tudo. Ele foi uma pessoa que me ajudou no momento em que eu mais precisei. Na época que eu voltei à Maravilha do Contorno eu estava machucado. Então, sou muito grato a ele e ao Botafogo – contou Rafael.

O camisa 19 encerrou o ano como artilheiro do Belo, com 23 gols marcados e como o melhor jogador da campanha do título do Campeonato Paraibano. Apesar da excelente fase no primeiro semestre, o segundo foi completamente o oposto. A queda de rendimento do atacante acompanhou a péssima fase que o clube viveu no Campeonato Brasileiro da Série C.

- Eles esperavam muito de mim na Série C. Infelizmente, eu não fui bem em alguns jogos e não correspondi da maneira que eles esperavam. Mas eu garanto que dei o meu melhor e digo muito obrigado por todo o carinho. Agora é vida que segue – disse o atacante.

Até o momento, Rafael Oliveira é o terceiro jogador a deixar o Botafogo após a campanha na Série C. Antes do atacante, o volante Djavan e o atacante Dico foram emprestados para ABC e Náutico, respectivamente. No entanto, a dupla deve retornar a Maravilha do Contorno em 2018. Enquanto isso, Rafael vai respirar novos ares, longe de João Pessoa.

GE