São Paulo Crystal vai lutar por vaga na primeira divisão do Paraibano

Terceiro colocado na Segunda Divisão do Campeonato Paraibano, o São Paulo Crystal está disposto a lutar para assumir a vaga no Estadual da Primeira Divisão no próximo ano, caso o CSP seja excluído da competição.

A garantia foi dada pelo presidente do Tricolor, Múcio Fernandes, com o entendimento de ainda esperar por uma posição da Federação Paraibana de Futebol (FPF) sobre o assunto.

-  A Federação deve se posicionar confirmando a punição ao CSP. Quando isso acontecer, o São Paulo oficializará judicialmente seu interesse  -  disse o dirigente.

O mandatário do São Paulo discorda o direito do Internacional, afirmando que um time rebaixado não pode retornar para a mesma divisão, a não ser que conquiste o direito no campo de jogo.

-  O São Paulo como terceiro colocado na Segunda Divisão é quem ganha o direito de assumir a vaga, caso confirme a exclusão do CSP  -  adiantou.

Questionado sobre a possibilidade levantada pelo presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues, de o Campeonato Paraibano ser disputado por nove clubes (caso o CSP fique fora), o presidente do São Paulo garante que questionará judicialmente.

-  O regulamento determina uma competição com dez times, a vaga será ocupada pelo time que tenha direito, que é o São Paulo. Estamos certos de lutar para que o nosso time seja promovido para a Primeira Divisão do próximo ano  -  destacou o dirigente Múcio.

A possível punição ao CSP passou a ter força, depois que o clube confrontou a CBF com uma ação ingressada na Justiça Comum.

Redação: Portal Correio