Aos 86 anos, Botafogo enfrenta pela primeira vez na história um clube do Acre

O Botafogo fez uma longa viagem para jogar a sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Saiu da unidade federativa mais ao oriente do país, a Paraíba, e cruzou o Brasil até chegar ao estado mais ocidental da república: o Acre. Uma rota nunca antes desbravada pelo Belo, nesses 86 anos de história. Foi a primeira viagem do clube para o estado do Norte, onde, neste sábado, o time pessoense fará o primeiro jogo da sua trajetória no futebol contra um clube acreano. Botafogo e Atlético-AC se enfrentam pelo Grupo A da terceira divisão, a partir das 19h, no Estádio Florestão, em Rio Branco.

Após o último apito do árbitro Rafael Martins Diniz, do Distrito Federal, o Botafogo vai ter carimbado mais um estado do país o qual enfrentou ao longo da história. Até agora, o Alvinegro da Estrela Vermelha já jogou contra clubes de 22 dos 26 estados brasileiros.

No Norte do país - onde o clube joga neste sábado -, aliás, estão os estados em que o time paraibano jamais visitou ou não enfrentou nenhum clube que os representasse. Até hoje, o Belo não jogou contra equipes de Amapá, Rondônia e Roraima (além do Acre, até este sábado).

O Espírito Santo, no Sudeste, é mais uma das unidades federativas que não teve nenhum time jogando contra o maior campeão paraibano. Fechando a lista, o Botafogo também nunca atuou contra equipes do Distrito Federal.

O Atlético-AC vem sendo a sensação até o momento do Grupo A da Série C. Com 12 pontos, o Galo Carijó é o vice-líder da chave, com 4 vitórias e 2 derrotas nos 6 jogos que disputou até agora na competição. Logo em seguida, na terceira posição, vem o Belo, com 10 pontos, 3 vitórias, 1 empate e 2 derrotas.

GE