sexta-feira, 14 de maio de 2021

Jogo entre Nacional de Patos e Botafogo ainda não tem local confirmado

A partida entre Nacional de Patos e Botafogo da Paraíba, de acordo com a tabela do Campeonato Paraibano, está marcada para o próximo dia 19. Porém, o local do jogo ainda não foi definido. Inicialmente, o encontro seria no estádio José Cavalcanti, em Patos.

Mas aquela praça de esportes está vetada para comportar espetáculo de futebol. O motivo, de acordo com a Federação Paraibana de Futebol (FPF), é a falta do laudo do Corpo de Bombeiros. Um parecer do Órgão apontou que a praça esportiva de Patos não tem condições de jogo.

De acordo com o documento divulgado pela FPF, “o Laudo de Prevenção e Combate a Incêndio (Corpo de Bombeiros) do Estádio José Cavalcanti foi reprovado”. Com isso, a Federação espera uma posição da diretoria do Nacional de Patos para indicar outro local.

Os dirigentes do Canário do Sertão têm até segunda-feira (17) para tomar uma posição. Entre as praças esportivas que poderão comportar o jogo entre Nacional de Patos e Botafogo, estão Amigão, em Campina Grande; Marizão, em Sousa; e Perpetão, em Cajazeiras.

No caso da partida contra o Botafogo, a diretoria do Nacional de Patos descarta o remanejamento para o Amigão. A ideia da diretoria nacionalina é, ainda, tentar a liberação do José Cavalcanti junto ao Corpo de Bombeiros e, consequentemente, ao Ministério Público. Mas, se isso não acontecer e o JC permanecer vetado, a intenção dos dirigentes do Canário é manter o jogo no Sertão: ou no Perpetão, em Cajazeiras, ou no Marizão, em Sousa.

Com a partida no Amigão, o Belo seria favorecido com uma viagem mais curta até que a do próprio Nacional, já que a distância de João Pessoa até Campina Grande é de 131km, enquanto que de Patos até a Rainha da Borborema é de 178km. Por outro lado, se o jogo for mantido no Sertão — em Sousa ou em Cajazeiras —, o Botafogo terá que cortar todo o estado, tendo uma viagem mais longa e cansativa, do que se a partida fosse em Campina Grande.

Mas o presidente do Nacional de Patos, Cleodon Lucena, disse que a preferência do clube é atuar no estádio José Cavalcanti. Ele espera que o problemas sejam resolvidos pela Prefeitura de Patos, responsável pelo estádio.

-  Não estamos pensando em jogar fora do José Cavalcanti. Temos de lutar para o Nacional jogar em Patos. Não temos interesse por nenhum outro local. Vamos buscar soluções, para que a partida não mude de local  -  afirmou o dirigente do clube alviverde.

Além da partida contra o Botafogo, o time nacionalino ainda joga contra o São Paulo Crystal, no Almeidão, em João Pessoa, e diante do Sousa, no Marizão, em Sousa.