domingo, 18 de abril de 2021

São Paulo Crystal vence Campinense pela 1ª rodada do Campeonato Paraibano

O Campinense foi até Cruz do Espírito Santo na tarde deste domingo, para encarar o São Paulo Crystal e encerrar a lista de jogos da primeira rodada do Campeonato Paraibano. Melhor para o time da casa, que se saiu um pouco melhor no gramado péssimo do Estádio Carneirão, que sofreu por conta das chuvas dos últimos dias. O Tricolor foi mais perigoso e mais letal. Marcou com Biro Biro e Leandro Cearense. Na segunda etapa, Marcos Nunes descontou para a Raposa, que não conseguiu pressionar decentemente o adversário pelo empate.

O jogo foi bem feio, por conta, sobretudo, das péssimas condições do gramado do Carneirão. Com o campo encharcado e a bola rolando pouco, o jogo direto acabou sendo muito usado. Nisso, o time da casa, como esperado, foi melhor. Conseguiu ter certo volume e chegou mais ataque. Mas não teve muitas chances claras. A abertura do placar veio na bola parada. Biro Biro bateu bem uma falta e estufou as redes do goleiro Danilo.

As mudanças que Ederson Araújo fez melhoraram o time do Campinense. Matheus Régis deu mais velocidade e opção pela esquerda, e Marcelinho ajudou a organizar minimanente o meio-campo. Mas foi o São Paulo Crystal que marcou primeiro. Leandro Cearense provou que é uma camisa 9 nato, aproveitou um rebote e guardou a bola nas redes, aumentando o placar. Marcos Nunes descontou com um chute de fora da área. Mas, errando muito, e com poucas opções de jogo, o Campinense não conseguiu pressionar e não chegou perto do empate.

São Paulo Crystal: Nunes, Gustavo, Cleiton, Gualberto, Guilherme; Augusto Recife, Robert (Adilson), Leandro (Jailton); Biro Biro (Michel), Henrique (Dipão) e Leandro Cearense (Victor).
Técnico: Ramiro Sousa.
.
Campinense: Danilo, Felipinho, Michel Bennech, Silvio Carrasco, Jackinha; Gabriel Pereira (Cleidson Pink), Rafinha (Victor Jatobá), Patrick (Matheus Régis); Cadu (Cleiton), Marcus Nunes e Rodrigo Amorim (Marcelinho).
Técnico: Ederson Araújo.

O Campinense tem uma semana cheia para treinar, já que só joga no próximo domingo. A Raposa recebe o Nacional de Patos, às 16h, no Estádio Amigão. Um dia antes, o São Paulo Crystal vai até o Sertão, onde encara o Atlético de Cajazeiras, no Estádio Perpetão, às 16h.

Com a derrota, o Campinense fica com a sétima posição, sem pontos e com um gol marcado, ficando à frente do Atlético de Cajazeiras e do Sousa apenas pelo gol marcado. Já o São Paulo Crystal assume a vice-liderança do torneio, com três pontos, atrás apenas do Treze que marcou mais gols do que o Tricolor.

GE
Leia Mais ››

Atlético de Cajazeiras anuncia a saída do técnico e deve anunciar novo comandante neste domingo

Não demorou muito para o técnico Alexandre Lima ser demitido do comando do Atlético de Cajazeiras. Na noite deste sábado (17), a diretoria anunciou o desligamento do profissional, que estreou no Campeonato Paraibano com derrota diante do Treze por 4 a 0, em jogo realizado no Estádio Amigão, em Campina Grande.

Ao Entre Linhas, uma fonte ligada ao clube afirmou que o novo técnico (o quarto só este ano) será anunciado neste domingo (18) e comandará o time na partida contra o São Paulo Crystal no próximo sábado (24), no Estádio Perpetão, em Cajazeiras.

Alexandre Lima já era o terceiro nome que comandava o Trovão Azul do Sertão. No início do ano, o Atlético anunciou o nome de Dudu Sales para o comando técnico, mas o profissional nem sequer assumiu o clube. Na época, ele revelou que divergências nos acertos que foram feitos com a diretoria inviabilizaram a sua mudança para Cajazeiras.

Com a saída de Dudu Sales, o auxiliar Luciano Peres assumiu a vaga, mas logo depois também foi desligado pela diretoria.

Após uma busca no mercado, na tentativa de encontrar um treinador que estivesse dentro do orçamento que o Atlético traçou para este ano, Alexandre Lima foi encontrado. Ele já havia trabalhado no futebol da Paraíba, comandando times como Auto Esporte e Internacional de Mamanguape, nas disputas da Segunda Divisão do Campeonato Paraibano de 2019.

Matéria inscrita Por Raniery Soares/Entre Linhas/JP
Leia Mais ››

sábado, 17 de abril de 2021

Nacional e Perilima empatam na estreia do Campeonato Paraibano 2021

O Nacional de Patos bem que tentou tirar proveito do mando de campo, mas acabou empatando por 1 a 1 com a Desportiva Perilima, na estreia de ambos no Campeonato Paraibano de 2021.

Os gols sairam no segundo tempo da partida realizada no Estádio José Cavalcanti, em Patos. O Canário do Sertão abriu o placar aos 34 minutos com gol de falta marcado por Gabriel Paulinho. A Águia de Campina conseguiu o empate aos 43 minutos, com belo gol de Fábio Lima.

Na segunda rodada, ambas as equipes vão jogar no Amigão em Campina Grande, o Nacional vai enfrentar o Campinense no dia 25, as 16h. Já a Perilima recebe o Sousa na próxima quinta-feira.

Nacional: Camilo, Gabriel Paulino, Anderson Schmoeller, Breno e Weslley Braga (Elson); Fernando Pires, Erivelton (Araújo Love), Enercino e Gabriel Corrêa (Murilo Batalha); Jean Carlos e Jó Boy.
Técnico: Warley

Perilima: Isaías, Dênis, José Werison, Jordan e Dudu Paraíba (Roger); Ezequias, Renatinho, Vitinho (João Victor) e Bruno Corrêa (Rogério); Fábio Lima e Peixeiro.
Técnico: Dinho Silva
Leia Mais ››

Nacional e Perilima estreiam no Campeonato Paraibano neste sábado no José Cavalcanti

A tarde deste sábado vai marcar a estreia de Nacional de Patos e Perilima no Campeonato Paraibano, que se enfrentam a partir das 16h, no Estádio José Cavalcanti, em Patos. O Canário do Sertão formou uma parceria com uma empresa terceirizada, investiu no elenco e tem Warley Santos no comando técnico. O oposto disso é a Águia de Campina, que vai com um plantel formado mais por atletas da base na busca por um estadual competitivo.


O Nacional, sem dúvida, é um time que tem gerado expectativa para a disputa no Campeonato Paraibano. Afinal de contas, apesar de demonstrar preocupação com as finanças numa crise provocada pela pandemia da Covid-19, a diretoria do clube firmou uma parceria com uma empresa terceirizada, que está cuidando do departamento de futebol e investiu na formação do elenco.

É com esse investimento que o time espera conseguir resultados e provar para o torcedor que a confiança depositada realmente está sendo válida. O Naça tem no comando técnico o ex-atacante Warley. O agora treinador esperava essa oportunidade há um bom tempo e agora estreia na nova função com a missão de fazer história. No plantel, o antigo W9 tem uma boa mescla de experiência e juventude, tudo para fazer a equipe engrenar.

Com uma boa pré-temporada, Warley deve manter a escalação que empatou com o Sousa no amistoso realizado na semana passada. O Naça estreia oficialmente na temporada com uma base titular formada no período de preparação.

Provável escalação do Canário do Sertão: Camilo, Paulino, Anderson Schmoeller, Breno e Braga; Fernando Pires, Erivelton, Enercino e Gabriel Corrêa; Jean Carlos e Jó Boy.

Perilima

O time de Campina Grande praticamente não fez investimento e vai com a base que fez uma boa campanha na Copa do Nordeste Sub-20 no ano passado. E a prova disso está no comando técnico, que vai ter Dinho Silva. O ex-jogador foi o treinador da equipe na competição regional, na qual a Águia parou nas semifinais, mas foi competitiva ao longo daquele torneio.

O plantel da Perilima é modesto, mais jovem e até mesmo curto, ao menos de acordo com o que foi divulgado pela assessoria de imprensa do clube. Observando dessa forma, é provável que a briga seja para escapar do rebaixamento. No entanto, numa competição de tiro curto, na qual seis das oito equipes se classificam para as próximas fases, não dá para negar essa chance de também lutar por uma vaga no mata-mata.

A Perilima, de Dinho Silva, deve seguir o mesmo roteiro de Warley no Nacional de Patos, mandando para campo o time que derrotou o São Paulo Crystal num jogo amistoso. Naquela ocasião, a Águia derrotou o Tricolor por 3 a 1.

Provável escalação da Águia de Campina: Isaías, Dênis, Werison, Jordan e Dudu Paraíba; Ezequias, Vitinho e Bruno; Sena, Fábio Lima e Peixeiro.

Arbitragem

Árbitro principal: José Ferreira de Sousa Neto
Assistente 1: Rafael Guedes de Lima
Assistente 2: Marcelo Paulino de Oliveira
Quarto árbitro: Bruno Monteiro Cunha
Leia Mais ››

sexta-feira, 16 de abril de 2021

Treze dispara no ranking de assinantes do Paraibano; Atlético assume liderança do Sertão

A torcida do Treze segue muito engajada no Campeonato Paraibano. A massa alvinegra disparou no ranking de assinaturas do Campeonato Paraibano do Jornal da Paraíba e agora já conta com quase a metade das assinaturas do torneio. O Treze lidera com 47,91% das assinaturas. 

O Botafogo-PB segue na segunda posição, mas mais distante do Galo. A torcida botafoguense soma 23,19% do total de assinantes. O Campinense fecha o pódio, com 12,69% das assinaturas.
 
A luta entre os sertanejos está muito boa. O Sousa apareceu na primeira atualização do ranking com a liderança, mas foi ultrapassado pelo Atlético de Cajazeiras. O Trovão é o quarto colocado no geral, com 5,99%. O Dinossauro soma 5,02% e vem em quinto.
 
Lembrando que a maior parte da renda das assinaturas do Campeonato Paraibano 2021 no Jornal da Paraíba é repassada para os clubes, e quanto mais assinantes indicarem o time do coração, mais esse time recebe dinheiro.

JP
Leia Mais ››

quinta-feira, 15 de abril de 2021

Warley vive expectativa de estrear como técnico e quer surpreender no comando do Nacional de Patos

Às vésperas da primeira partida do Nacional de Patos no Campeonato Paraibano 2021, o técnico Warley Santos, que fará sua estreia à beira do campo de jogo, fez um balanço do trabalho realizado até o momento, em uma das pré-temporadas mais longas dos últimos anos. Warley, que conhece muito bem o estadual, sabe de todas as dificuldades que o grupo encontrará, mas se mostra confiante em realizar uma grande temporada à frente do Canário do Sertão.

Carregando um vasto currículo como atleta, Warley encontrou no Nacional uma porta aberta para iniciar sua carreira como técnico, depois de passar por mais de uma função na comissão técnica do Botafogo-PB, chegando a ficar à frente do time em algumas oportunidades, de forma interina. Trabalhando com o grupo há exatos dois meses, o W9 sabe o potencial de seus comandados e espera surpreender dentro da competição.

— Agora, sim, é para valer! O Nacional fez uma excelente pré-temporada, não só em termos de resultado (nos amistosos), mas também vendo o comprometimento dos atletas, a performance individual, então estou muito satisfeito. A gente busca algo melhor dentro da competição, buscamos surpreender, e, como a gente costuma dizer aqui, estamos trabalhando quietinhos, para que possamos fazer um excelente campeonato. Sabemos que é difícil, mas vamos tentar surpreender – disse Warley.

A trajetória de Warley no futebol paraibano é de muitas conquistas, carregando o feito de ser campeão estadual vestindo as camisas de Botafogo-PB, Campinense e Treze. Ele não só carimbou os títulos no currículo, mas passou pelo Trio de Ferro sempre com uma relação de carinho com todas as torcidas. Agora a meta é anotar mais um título nesse currículo, desta vez por um clube do Sertão, e assim conseguir tirar o Naça da fila, onde se encontra há 14 anos sem vencer o estadual.

— Disputei nove campeonatos paraibanos, são sete títulos, e fui vice uma vez. Agora como treinador, é uma experiência totalmente diferente, tem um frio na barriga, aquela expectativa, porque é sua metodologia implantada. Os atletas estão comprometidos, a gente espera que dê certo, para retribuir todo o apoio que estamos recebendo da diretoria, da empresa FDA e da torcida. A cidade vive uma expectativa muito grande, e esperamos retribuir isso dentro de campo — finalizou o técnico do Nacional de Patos.

O Nacional estreia no Campeonato Paraibano 2021 no próximo sábado, contra a Perilima. A partida será em Patos, no Estádio José Cavalcanti, e está marcada para ter início às 16h.
Leia Mais ››

Com gol de Marcos Aurélio, Botafogo vence o Sousa na estreia de ambos no Campeonato Paraibano

O Botafogo começou com o pé direito, a sua participação no Campeonato Paraibano de 2021. Fora de casa, o Belo venceu o Sousa por 1 a 0, no Marizão.

Para o duelo, os dois treinadores apostaram em situações diferentes. No time da casa, Paulo Schardong optou pelo esquema com três zagueiros que foi competitivo no último amistoso da pré-temporada, no empate por 1 a 1 contra o Nacional de Patos.

Já Gerson Gusmão, da equipe da capital, colocou Bruno Menezes como principal homem de proteção a defesa, deixando Rogério em João Pessoa aprimorando a parte física, e também buscando uma saída de bola e mobilidade do setor de meio campo com melhor qualidade.

O gol botafoguense foi marcado por Marcos Aurélio, de pênalti, aos 3 minutos do segundo tempo. O Dinossauro teve a chance de empatar o jogo, já que Liniker desperdiçou uma penalidade máxima, que foi defendida por Felipe.

O próximo jogo do Botafogo será na quarta-feira (21), no Almeidão, em João Pessoa, contra o Treze. Já o Sousa, na quinta (22), enfrenta a Perilima, no Amigão, em Campina Grande.

Sousa: Ricardo, Arisson (Rodrigo Poty), Marcelo, Adriano Seixas e Weslley; Rony (Almir); Liniker (Juninho), Daniel Costa (Otávio) e Natalício; Arthur e Dentinho.
Técnico: Paulo Schardong

Botafogo: Felipe, Rodrigo Ramos, Willian Machado, Samuel e Lucas Gabriel; Bruno Menezes, Pablo,
Clayton (Tsunami) e Marcos Aurélio (Caio Wilker); Welton (Juninho) e Sávio (Ramon Tanque depois Roniel).
Técnico: Gerson Gusmão

Paraíba Online
Leia Mais ››