Pleno do TJDF-PB decide por abertura de inquérito e suposta irregularidade da Perilima será analisada de novo

O Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB) discordou da decisão do procurador-geral Fernando de Moura Neto - que arquivou a denúncia do Sport-PB que alegava que a Perilima atuou em partidas da 2ª divisão do Campeonato Paraibano com um jogador irregular - e determinou a instauração do um inquérito para analisar o tema. Agora, um novo relator deve ser designado para analisar novamente a situação e deliberar se a questão deve ir ou não a julgamento.

Por unanimidade, os auditores do TJDF-PB concordaram com tese da defesa da Perilima que havia um problema processual no caso do Mandado de Garantia pedido pelo Sport-PB e o documento não foi reconhecido pelo tribunal. No julgamento seguinte, concordaram com a tese do Sport-PB e com o relator, Augusto Marques, de que o caso da suposta utilização irregular do atleta Brenno Yuri precisa ser apurado.

O Sport-PB alega que a Perilima feriu o regulamento da divisão do acesso do estadual, relacionando Brenno em cinco partidas do torneio. Segundo o Carneiro, o atleta não tinha vínculo profissional com o clube e vai fazer 21 anos em 2018. Segundo o documento que rege a competição, Brenno, por ter nascido em 1997, para estar apto para jogar o campeonato precisava ter um contrato profissional.

Apesar dessa suposta escalação irregular, o campeonato continuou até agora sem julgamento do mérito. Com isso, a Perilima, que fez a melhor campanha da primeira fase, chegou até a final. Nesse domingo, acabou perdendo o título para o Esporte de Patos e foi o vice-campeão.

O Terror do Sertão e a Águia de Campina Grande até o momento são as equipes que subiram para a 1ª divisão do Campeonato Paraibano 2019. Sport-PB e São Paulo Crystal, no entanto, são os clubes interessados no julgamento. Os dois acreditam que, caso a Perilima seja eliminada da competição no tapetão, a vaga na elite do futebol estadual pode cair no colo de um dos dois.

GE
Leia Mais ››

Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores” 

O estádio Perpétuo Correia Lima, o Perpetão, em Cajazeiras, foi vistoriado na manhã desta sexta-feira (16) para que esteja apto a sediar as partidas do Campeonato Paraibano 2019.

O coordenador interino de arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) dentro da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Arthur Alves, esteve ao lado do diretor executivo da FPF, Otamar Almeida, vistoriando o estádio. Após fazer uma inspeção em todas as dependências, fez elogios à qualidade do Perpetão.

“É um dos melhores estádios que a gente vem fazendo e parabenizando a administração. Aqui o Governo do Estado da Paraíba, juntamente com o administrador e toda a sua equipe, realmente se preocupa com isso. Vai ter alguns detalhes para serem feitos, mas até o início do campeonato a gente vai encontrar o Perpetão maravilhoso”, destacou Arthur Alves.

Apesar dos elogios, a direção do estádio precisa fazer alguns ajustes para que o Perpetão esteja pronto para receber os jogos do paraibano.

-  Eu estou satisfeito com a visita porque só recebi elogios. Algumas mudanças tem que fazer, mas é coisa simples. Na próxima semana estaremos fazendo porque é algo que podemos fazer sem precisar do Estado  -  disse Luizinho Barroso, diretor do estádio.

Diário Esportivo
Leia Mais ››

Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

Em entrevista à TV Diário do Sertão, o cantor Eduardo Jorge confirmou que pretende ser presidente do Atlético de Cajazeiras na temporada 2019. Ele disse que após a informação repercutir, ele tem recebido várias ligações de amigos perguntando se ele “está doido” ao topar o desafio de administrar o Trovão Azul do Sertão. Mas o músico afirma que é possível não acumular dívidas se a diretoria gastar apenas o que tem à disposição.

-  Eu tenho consciência da dificuldade que é ser presidente do Atlético, que é fazer futebol no interior da Paraíba. Mas também não vejo uma forma de deixar o Atlético não participar do campeonato [Paraibano 2019] por falta de presidente. É muito provável que quem for assumir o Atlético tenha que sentar, fazer as contas, ver o que o Atlético tem à disposição. Todo mundo sabe que muita gente no início se compromete, mas poucas pessoas chegam  -  diz o músico.

Eduardo ressalta que o clube tem algumas verbas de patrocínios garantidas todo ano e que, segundo ele, dá para trabalhar inicialmente com essa ajuda. Porém, caso o time corresponda em campo, a consequência seria o aumento da renda das arquibancadas e a chegada de mais patrocinadores.

-  Nós temos dois ou três apoios que são reais. Então, dentro desses apoios você tem que construir a sua meta de gastos. Você tem que ter conhecimento no futebol, amigos no futebol, treinadores que aceitem sua proposta, se engajem com você e venha para Cajazeiras. Se o resultado não vier, será consequência. Mas ele não pode deixar de vir pela falta de organização fora de campo.

Eduardo confirma que já conversou com o técnico Severino Maia, com alguns ex-jogadores e possíveis membros da comissão auxiliar. Mas, para ele, o principal problema do Atlético é político.

-  Eu sei onde estou pisando. Jamais irei entrar num local para poder me endividar ou ter que ir embora de Cajazeiras  -  completa.

Por Jocivan Pinheiro/Diário Esportivo
Leia Mais ››

Enercino festeja título declarando amor pela camisa do Esporte de Patos: "Aqui eu me sinto em casa"

A bola parou de rolar nesse domingo para a 2ª divisão do Campeonato Paraibano. A taça ficou com o Esporte de Patos, agora tetracampeão da divisão de acesso do futebol da Paraíba. E um jogador em especial que personifica bem essa conquista do Patinho é o meia Enercino, que é um dos principais nomes do elenco treinado por Marcos Nascimento, também tetracampeão da competição. Após a sacramentação do título, no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande, contra a Perilima, o camisa 10 alvirrubro festejou muito e se derramou em amores pelo clube.

Capitão do Esporte de Patos, Enercino não foi apenas um líder dentro de campo. Um dos jogadores mais respeitados pelo grupo, ele também colocou a serviço do clube toda a sua experiência e foi o ponto de equilíbrio da equipe ao longo de toda a 2ª divisão, na qual o Patinho conseguiu o acesso de forma invicta e só foi derrotado na última partida, nesse domingo - nada que evitasse o título em vermelho e branco.

E, campeão, Enercino ainda festejava em campo, no PV, quando foi abordado pelos jornalistas para falar sobre a conquista. Entre as várias palavras que conseguiu proferir naquele momento de emoção, algumas delas ele usou para declarar seu amor ao Esporte de Patos:

- Quando visto essa camisa, eu me sinto em casa - resumiu Enercino.

Ele também analisou a campanha do Patinho, que venceu sete vezes, empatou duas e perdeu apenas uma, marcou 32 gols e sofreu 12. Para o capitão alvirrubro, nem a perda da invencibilidade na última partida manchou a conquista do clube, que está de volta à elite do futebol paraibano.

- Fomos muito felizes nos outros jogos. Claro que queríamos ser campeões invictos, mas perdemos na hora certa. Agora é curtir um pouco a família.

Enercino também comentou a sua atuação na partida final contra a Perilima, que acabou com a vitória do time de Campina Grande, por 2 a 1. Como o Esporte de Patos havia vencido o jogo de ida por 4 a 2, no José Cavalcanti, a estratégia para a volta era a de jogar mesmo com o regulamento debaixo do braço. Podendo perder por até um gol de diferença para, ainda assim, conquistar o título, a marcação foi uma das principais orientações do técnico Marcos Nascimento. E Enercino, tão dedicado à criação das jogadas ofensivas, mas também tão obediente taticamente, fez o que foi pedido. E resumiu isso:

- Eu não vim para jogar, eu vim para marcar.

Agora Enercino e o Esporte de Patos entram de férias. Daqui a pouco, o clube vai precisar voltar à ativa para a disputa da 1ª divisão do Campeonato Paraibano de 2019. Ainda não há confirmação oficial sobre a permanência do meia no Patinho. Isso deve ser resolvido nos próximos dias. Por enquanto, jogador e clube só querem mesmob é comemorar, ainda, o título da 2ª divisão e descansar, já de olho na próxima temporada.

GE
Leia Mais ››

Com Pagodão campeão, Michelle Ramalho marca presença na final do Campeonato Amador de Cajazeiras

Na tarde desse sábado (17), no Estádio Higino Pires Ferreira ocorreu a grande final do Campeonato amador de futebol de Cajazeiras promovido pela Liga Cajazeirense de Desporto com parceria da Secretaria de Esporte e Lazer.

As duas equipes São Pedro e Pagodão SA disputaram  a final que teve como campeão o time Pagodão SA que venceu pelo placar de 1 a 0.

O prefeito Zé Aldemir participou do evento e ao lado da presidente da Federação Paraibana de Futebol Michelle Ramalho e do secretário de Esporte Ninha fez a entrega das premiações.

Toda premiação foi doada pela prefeitura municipal de Cajazeiras através da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer, sempre incentivando o Esporte de nossa cidade.

Pagodão  SA

São Pedro

Premiações:

Campeão: Pagodão SA = troféu, medalhas e R$ 2.500,00 em dinheiro

Vice-campeão: São Pedro = troféu, medalhas e R$ 1.500,00 em dinheiro.

Terceiro lugar: Darla = Troféu e 1.000,00 em dinheiro.

Melhor goleiro: Bel ( Pagodão ) Troféu

Artilheiro: George ( Calixto ) Troféu
Leia Mais ››

Esporte de Patos perde, mas conquista tetracampeonato da Segunda Divisão 

Foto: Divulgação – Bruno Rafael / CBN
Sob os olhares da nova presidente da FPF, Michele Ramalho, o Esporte de Patos se tornou tetracampeão da segunda divisão do Campeonato Paraibano de 2018.

Neste domingo (18), jogando no estádio Presidente Vargas, em Campina Grande, o Patinho Terror do Sertão perdeu por 2 a 1 para a Perilima, mas como havia vencido a partida de  ida da final por 4 a 2, em Patos, na quinta-feira, podia até perder por um gol de diferença.



O time comandado por Marcos Nascimento jogou com o regulamento debaixo do braço, pouco atacou, buscou mais fechar espaços e conseguiu marcar uma vez, com Enercino, dificultando bastante a vida da Águia.

O clube de Campina Grande foi um pouco melhor, balançou as redes duas vezes, com Anderson e Marcelinho Paraíba, porém não demonstrou uma superioridade que construísse uma virada a ponto de tirar a taça do Patinho.

As duas equipes vão jogar a elite estadual em 2019.
Leia Mais ››

Índio Ferreira confirma acerto com o Nacional de Patos para o Paraibano 2019

Índio Ferreira é o novo técnico do Nacional de Patos para o Paraibano de 2019. A informação foi confirmada pelo próprio treinador neste sábado. Segundo o comandante, ele deve chegar a cidade de Patos por volta da segunda semana de dezembro, que é quando começa a pré-temporada do Verdão.

Ainda de acordo com Índio Ferreira, a diretoria já tem alguns jogadores apalavrados. No entanto, ele não revelou os nomes acertados porque quer sigilo para conduzir as negociações com os atletas.

- Eles me passaram alguns nomes. Mas estão mantendo sigilo. É importante esse momento. A pré-temporada vai começar na segunda semana de dezembro - disse Índio Ferreira.

Esta é a terceira vez que Índio vem à Paraíba como treinador. Ele tem passagens pelo Auto Esporte, Internacional-PB, Sousa e Atlético de Cajazeiras. O técnico tem 44 anos vai chegar à Paraíba vindo do Nacional-PR, que está disputando a terceira divisão do Paranaense.

Nacional vai disputar a 1ª divisão do Campeonato Paraibano em 2019, junto com Botafogo, Campinense, Treze, Atlético de Cajazeiras, CSP, Esporte de Patos, Perilima, Serrano-PB e Sousa. Competição está prevista para começar no dia 12 de janeiro.

GE
Leia Mais ››