Em duelo de 8 gols, Campinense vence Auto Esporte e se aproxima do líder

Foi disparado o jogo mais emocionante do Campeonato Paraibano de 2017. Um Auto Esporte x Campinense atípico e repleto de gols, como de vez em quando o futebol gosta de oferecer aos seus fãs. Um jogo que vai ficar na memórias de muitos e por muito tempo. Uma vitória merecida do Campinense, ainda que para isto tenha derrotado um incansável e bravo Macaco Autino. Primeiro porque, sejamos justos, o Campinense tinha muito mais time. E, de fato, só dava Raposa. Pressão absoluta. Até que Augusto abriu o placar. E o time não diminuiu o ritmo. Buscava ampliar. O Auto? O Auto só levou perigo para o gol de Glédson aos 39 minutos, e já foi no lance do improvável gol, quando Gil Bala empatou num lance isolado. Logo depois, contudo, no minuto final, a Raposa voltou a ficar na frente. Diego Torres, de pênalti! O jogo voltava a ficar difícil para o Auto. E ficou ainda mais quando Augusto ampliou aos dois do 2º tempo. Fim de jogo, imaginamos. De besta. Porque o Auto tirou forças de onde não tinha para diminuir com Isaías aos 21 e Cesinha aos 32. Fim de jogo, imaginamos. De besta. Porque o Campinense resolveu acordar e liquidou a partida com incríveis gols relâmpagos, de João Paulo e de novo de Augusto aos 43 e 45. Agora sim, fim de jogo.

O grande nome do jogo. O grande nome do Campinense também. Numa noite de bom futebol e de extrema inteligência e precisão. Três dos cinco gols raposeiros foi dele. Augusto, o "resolvedor". O grande responsável pela vitória do time de Campina Grande.

Numa vista rápida e seca, nada muda na tabela. O Campinense segue como vice-líder e o Auto Esporte segue como terceiro colocado. Mas a análise não pode ser só essa. A Raposa chega aos 25 pontos e agora está a apenas três pontos do Botafogo, o líder do campeonato. Já o Auto fica com um ponto de vantagem com relação ao Treze, o quarto colocado. Acende-se uma luz de alerta, é bem verdade, mas o clube mostrou que tem como lutar contra os rivais de grande porte.

Campinense e Auto Esporte não têm muito tempo para descansos. No domingo, os dois times enfrentam seus maiores rivais, na rodada dos clássicos da competição. O Clássico dos Maiorais vai ser no Amigão e o Botauto no Almedidão, ambos às 16h.

Uma curiosidade: os dois clubes que se enfrentaram até o último minuto nesta quarta-feira vão torcer um para o outro no domingo. Porque se ambos vencerem seus rivais, a Raposa empata com o Belo e o Auto se afasta do Galo.