Raposa desafia o Jacaré em Ceilândia/DF tentando largar na frente em mais uma fase de mata-mata da Série D

Após a classificação sofrida nas penalidades no primeiro mata-mata do Campeonato Brasileiro da Série D, o Campinense inicia neste sábado a sua jornada pelas oitavas de final. No Estádio Abadião, em Ceilândia, a Raposa visita o Brasiliense. O desafio está marcado para as 15h30 e para o time rubro-negro, a boa notícia é a volta do atacante Danillo Bala, que está recuperado.

A vitória emocionante nos pênaltis para cima do Itabaiana ligou o sinal de alerta no Alto da Bela Vista. A Raposa, que estava invicta na Série D, não só foi derrotada pela primeira vez como quase encerrou de maneira frustrante a sua temporada 2018. Passado todo aquele sofrimento, o time do técnico Ruy Scarpino espera ter aprendido a lição.

Nas oitavas de final, a missão é ainda mais complicada, uma vez que o time vai encarar toda a experiência da equipe do Brasiliense, que aposta no zagueiro Lúcio, pentacampeão do mundo com o Brasil em 2002.

E quem mais está ansioso para entrar em campo neste sábado é o atacante Danillo Bala, que volta a atuar depois de semanas afastado por lesão. Já integrado ao elenco no Distrito Federal, o jogador espera poder aprimorar o ritmo de jogo e ajudar a equipe contra o Brasiliense.

- Foi um mês que eu vinha trabalhando a parte física e agora acho que falta apenas aprimorar mais a questão do ritmo de jogo. Ainda bem que já estou recuperado e agora eu quero ajudar o Campinense a conseguir um bom resultado contra o Brasiliense, que vai ajudar na nossa classificação para a próxima fase - comentou o atacante rubro-negro.

Se Danillo Bala está garantido na equipe, quem não vai para o jogo é o atacante Rodrigo Silva. O centro-avante sofreu mais uma lesão na temporada, o que vai afastá-lo dos gramados por pelo menos 15 dias. Além do camisa 9, o volante Neto também está fora. Porém, de vez, já que acertou a sua saída do clube paraibano.

O Campinense deve entrar em campo com Jeferson, Alex Murici, William Goiano, Rafael Jensen e Zeca; Beto, Felipe Macena, Jorginho e Marcinho; Thiago Potiguar e Danillo Bala.

A arbitragem vai estar por conta de Daniel Nobre Bins, com André da Silva Bitencourt e Tiago Augusto Kappes Diel. O trio pertence ao estado do Rio Grande do Sul.

GE