Nosman estuda salvar Auto Esporte e Desportiva Guarabira do rebaixamento

A nova gestão da Federação Paraibana de Futebol (FPF), encabeçada por Nosman Barreiro, estuda não reconhecer alguns resultados do Campeonato Paraibano deste ano. De acordo com o presidente interino da entidade, uma das pautas que a FPF discute no momento é salvar o Auto Esporte e a Desportiva Guarabira do rebaixamento. Com isso, uma possibilidade é que o Campeonato Paraibano do ano que vem seja disputado com 12 equipes, já que dois clubes irão subir de divisão inevitavelmente.

Esse cenário é mais um embate ideológico entre Nosman e Amadeu Rodrigues, afastado do cargo pela Justiça na última quarta-feira. Isso porque uma das ideias de Amadeu era justamente enxugar a competição, diminuindo o número de participantes. Um eventual salvamento de Auto e Desportiva iria na contramão da ideia do presidente afastado.

De acordo com Nosman - que assumiu o cargo oficialmente na última quinta-feira -, deixar o Auto Esporte e a Desportiva Guarabira na elite do futebol paraibano seria uma maneira de amenizar as polêmicas que envolveram o Campeonato Paraibano deste ano, que foi investigado pela Polícia Civil e pelo Ministério Público, que concluíram que o torneio foi alvo de manipulação de resultados.

- Existe a intenção de não rebaixar o Auto Esporte e a Desportiva Guarabira por conta do que foi investigado sobre o campeonato. Além de que seria bom para o futebol da Paraíba e principalmente para o de João Pessoa - comentou Nosman.
De acordo com as investigações da Operação Cartola, a Polícia Civil e o Ministério Público entenderam que algumas partidas tiveram seus resultados manipulados por atos de corrupção, envolvendo dirigentes e árbitros.

Um dos times mais prejudicados teria sido o Nacional de Patos, que acabou jogando o quadrangular da morte, que definiu os rebaixados. Nessa fase, o Naça acabou escapando do rebaixamento, ao contrário de Auto Esporte e Desportiva Guarabira, que fizeram as menores pontuações do quadrangular e caíram para a 2ª divisão do Campeonato Paraibano do ano que vem.

GE