FPF bate o martelo e Queimadense vai disputar a 2ª divisão do Paraibano

A Queimadense vai mesmo disputar a 2ª divisão do Campeonato Paraibano, marcada para começar no dia 16 de setembro. O martelo foi batido na tarde desta quarta-feira na sede da Federação Paraibana de Futebol (FPF), onde foi realizada uma reunião extraordinária para debater o tema. O presidente do time de Queimadas, Humberto Lopes, havia dito que a equipe estava fora da competição, mas o interventor da FPF, João Bosco Luz confirmou a participação do clube.

Segundo o dirigente que está à frente da entidade interinamente, a tabela deve sair nos próximos dias, já com os locais e horários definidos. Luz não soube precisar quais os estádios que estão aptos para receber a competição, mas revelou que tem um representante da federação acompanhando as vistorias dos órgãos de fiscalização.

- O futebol paraibano tem muito potencial e ele só depende dele mesmo para evoluir. Todos os dirigentes precisam cumprir com suas atribuições, saber onde vão mandar os jogos, resolver a questão de vistorias, entrar nos jogos nos horários corretos. Hoje definimos que a Queimadense vai disputar o campeonato e a FPF não vai cobrar taxas administrativas na competição - revelou o interventor.

Com a manutenção da Queimadense, o regulamento e os grupos seguem da mesma maneira que foram definidos no Conselho Técnico que resolveu a fórmula de disputa da 2ª divisão do Campeonato Paraibano.

Serão 12 equipes divididas em três chaves. O Grupo do Litoral terá Internacional-PB, São Paulo Crystal, Spartax e Confiança de Sapé. Já o Grupo do Agreste vai contar com Perilima, Picuiense, Queimadense, Sport Campina. No Grupo do Sertão jogam Esporte de Patos, Nacional de Pombal, Sabugy e Femar.

Na primeira fase, todos jogam entre si em partidas de ida e volta dentro das chaves. Todos os líderes de cada grupo passam para as semifinais e o melhor segundo colocado da primeira fase também avança para o mata-mata. Quem passar da segunda fase está na primeira divisão do Paraibano em 2019.

GE