Confiança e SP Crystal voltam a campo nesta quinta-feira para disputar 18 minutos de partida

Confiança de Sapé e São Paulo Crystal vão disputar nesta quinta-feira os 18 minutos restantes da partida válida pela segunda rodada do Campeonato Paraibano da 2ª divisão, que começou nessa quarta-feira, mas não acabou. O duelo contou com um atraso de mais de uma hora pelo não comparecimento no horário correto de uma ambulância no Estádio Carneirão, em Cruz do Espírito Santo. Com esse atraso, o jogo não teve como chegar ao fim, já que, como os refletores não podiam ser ligados por falta de gerador, aos 27 minutos do segundo tempo, já não havia visibilidade suficiente para a bola continuar rolando. O placar marcava 2 a 2 quando o árbitro interrompeu o duelo.

De acordo com o regulamento, uma partida só pode ser encerrada antes do tempo previsto de tiver chegado pelo menos aos 30 minutos de segundo tempo. Como o duelo foi paralisado aos 27 minutos, vai ser retomado nesta quinta-feira, às 15h, o mesmo horário que estava programado para ter início nessa quarta-feira, sem contar, obviamente, com o atraso do carro com o médico.

Apesar de o Estádio Carneirão ser utilizado pelo São Paulo Crystal, no caso dessa quarta-feira, a responsabilidade era do Confiança de Sapé que, impossibilitado de mandar os seus jogos no seu município, optou pelo campo de Cruz do Espírito Santo.

Diante de torcedores incomodados com tamanha falta de estrutura, o presidente do Confiança, José Filho, até tentou explicar o motivo do atraso da partida.

- A gente tinha feito esse ofício ao município desde segunda-feira e foi negado agora. A ambulância que estava para servir ao Confiança teve um problema mecânico e, de última hora, eles avisaram à gente - disse o dirigente do clube mandante.

Com o placar de 2 a 2, marcaram pelo São Paulo Crystal os atacantes Biro Biro e Ebinho, já pelo Confiança de Sapé, os gols foram marcados por Eriquinho e Fábio. As duas equipes pertencem ao Grupo do Litoral e, por ora, dividem a liderança da chave.

GE