Vice do Campinense diz que William Simões segue como presidente já que o mesmo não foi notificado pela Justiça

“William continua presidente do Campinense”. Assim resumiu a situação atual do clube o vice-presidente do Rubro-Negro, Félix Braz. Segundo o dirigente, nenhuma notificação oficial da Justiça chegou aos diretores, portanto, o mandatário da Raposa continua sendo William Simões.

Na última terça-feira, a juíza da 4ª Vara Criminal de João Pessoa, Andréa Galdino, acatou uma denúncia do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e determinou o afastamento do presidente do cargo. Ele também virou réu na ação. Segundo o MPPB, William Simões participava de um suposto esquema de manipulação de resultados que atuou no Campeonato Paraibano deste ano, quando a Raposa foi vice-campeã.

Apesar da decisão, no Campinense tudo segue normal. É o que garante Félix Braz, que disse seguir atuando como auxiliar de Simões.

- Não recebi nenhuma notificação sobre posse e William também não recebeu nenhuma notificação. William continua presidente do Campinense - comentou.

O curioso é que esse é o mesmo discurso no Botafogo-PB, clube que teve cinco dirigentes afastado por supostamente fazerem parte do esquema que manipulava resultados das partidas do estadual. Os diretores também dizem que não foram notificados pelo Poder Judiciário.

GE