Arlan Rodrigues afirma que chapa vai recorrer na justiça sobre eleição da FPF: "Muitas irregularidades"


Ex-presidente do Conselho Deliberativo do Atlético de Cajazeiras e candidato a vice-presidente derrotado nas últimas eleições da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Arlan Rodrigues em contato nesta quinta-feira (18) com o Resenha Politika, confirmou que a chapa encabeçada pelo advogado Eduardo Araújo irá entrar na justiça pedindo a anulação da eleição por diversas irregularidades.

Arlan antecipou que todos os documentos que comprovam as ilicitudes no processo estão sendo colhidos e também serão entregues ao Ministério Público Estadual.

Sobre as acusações do presidente da Liga Cajazeirense de Futebol que na imprensa declarou que o cartola o teria ameaçado, Arlan disse que irá processá-lo por injúria e difamação.

-  Ele terá que provar tudo que disse. Quem assinou dois documentos não fui eu. Ninguém obrigou ninguém fazer nada. Quem não tem palavra e não honra com sua assinatura todos sabem quem é. Tenho consciência tranquila  -  disse.  

Resenha Politika