terça-feira, 4 de agosto de 2020

Nos pênaltis, Campinense bate o Sousa e vai à final do Campeonato Paraibano

No estádio Amigão, na terça-feira (04), Campinense e Sousa definiram o primeiro finalista do Campeonato Paraibano de 2020. Após empatarem por 0 a 0 em um jogo muito fraco no tempo normal, nos pênaltis, a Raposa venceu por 5 a 4, brilhando a estrela do goleiro reserva, Wellington Lima, que precisou jogar. Será a terceira decisão de estadual consecutiva do time rubro-negro.

Com o retorno do zagueiro Alex Maranhão após cumprir suspensão, a Raposa teve um desfalque importante de última hora. Sentindo dores no ombro, o goleiro Rodrigo Dias foi vetado e Wellington Lima começou a partida como titular.

As duas equipes, mesmo com as mexidas, rendiam muito pouco. A falta de criatividade e o nervosismo deixavam a partida muito pegada no meio-campo, com mais erros de passes do que com entradas duras e, mais uma vez, os goleiros se mexiam apenas para cobranças de tiros de meta ou acompanhar chutes fracos que saíam pela linha de fundo.

Pênaltis
Nas penalidades, Wellington Lira, que foi definido como titular apenas antes da partida, defendeu a cobrança de Rafinha e colocou o Campinense na decisão. Para a Raposa marcaram Bismarck, Rômulo, Matheus Camargo, Juliano e Rafael Ibiapino. Pelo Dinossauro, anotaram Téssio, Juninho, Cláudio Baiano e Gledson. O marcador final das cobranças de pênaltis acabou em 5 a 4 para o rubro-negro.

Campinense: Wellington Lima, Alex Travassos, Alex Maranhão, Uesles (Breno), Matheus Camargo; Pêu, Elielton (Rômulo), Allefe (Juliano), Vinícius Araújo (Fábio Júnior); Rafael Ibiapino e Reinaldo Alagoano (Bismarck).
Técnico: Nei Júnior.

Sousa: Ricardo, Iranilson, Jeferson, Cláudio Baiano, Marcelo; Gledson, Rafinha, Téssio, Esquerdinha (Gionnotti), Dakson (Juninho Paraíba); Rodrigo Poty.
Técnico: Givanildo Sales

Voz da Torcida