CBF divulga novo calendário e reserva só treze datas para os estaduais do Nordeste

O que já estava ruim ficou ainda pior. Se as federações do Nordeste já travavam uma luta para adequar os estaduais ao calendário em ano de Copa do Mundo, a situação ficou mais difícil com o adendo da CBF para os estados com copas regionais. Isso porque apenas treze datas foram reservadas para as disputas domésticas, que terão que dividir o cronograma com a Copa do Nordeste.

A CBF havia divulgado esta semana um primeiro calendário, mas para os estados que não têm copas. Estes poderão realizar os seus respectivos campeonatos em 18 datas. A situação é diferente para o Nordeste e para os estados do Norte e Centro-Oeste, que têm a Copa Verde.

Pelo calendário divulgado nesta sexta-feira, os estaduais do Nordeste devem começar no dia 21, quatro dias depois da abertura da Copa do Nordeste, programada para o dia 17. As finais acontecem no dia 8 de abril.

Eis as datas reservadas para os estaduais:
Janeiro: 21, 24 e 28
Fevereiro: 4, 10, 18 e 25
Março: 4, 7, 18 e 25
Abril: 1 e 8 (finais)

Para se ter uma ideia da complicação que vem por aí, os campeonatos mais enxutos disputados no Nordeste em 2017 estouram o limite deste ano. Pernambuco e Bahia utilizaram 14 datas.

Por outro lado, o Paraibano foi o maior entre todos, com 22 datas. Na primeira reunião do Conselho Arbitral, realizada na quarta-feira, os clubes não chegaram a um entendimento sobre a fórmula. A maioria não aceita a redução de datas.

Vale lembrar que no primeiro semestre os clubes também disputam a Copa do Brasil, que tem a sua primeira data reservada no dia 31 de janeiro.

Por Expedito Madruga / GE