Com 100% de aproveitamento, Raposa precisa de apenas um empate em Feria de Santana para garantir o primeiro lugar do Grupo A8.

Melhor campanha de toda o Campeonato Brasileiro da Série D até aqui, o Campinense entra na última rodada da fase de grupos brigando por muita coisa. Mesmo com 100% de aproveitamento, o time ainda não garantiu matematicamente a classificação com a primeira colocação no Grupo A8. Mas para isso acontecer, o time do técnico Ruy Scarpino precisa pelo menos empatar com o Fluminense de Feira neste domingo, em partida marcada para o Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, às 18h.

O confronto é muito importante para Campinense e Flu de Feira. O time rubro-negro venceu todos os jogos que disputou até aqui, com direito a 11 gols marcados e apenas 2 sofridos. Por outro lado, o Tricolor de Feira de Santana fez quatro partidas, com três vitórias e uma derrota, exatamente para a Raposa na primeira rodada da Série D.

Vale ressaltar que se o Flu de Feira vencer o Campinense, a liderança do Grupo A9 vai para o time baiano. Por causa da importância da partida, o meia Marcinho, camisa 10 rubro-negro, destacou que a equipe de Campina Grande precisa manter o mesmo nível apresentado nos últimos jogos. Afinal, a liderança é o foco.

- Temos que nos manter focados e concentrados até último jogo para manter essa mesma pegada. Isso é o que vem fazendo a diferença desde o início da competição. Vai ser um jogo muito difícil porque eles querem ter o primeiro lugar e nós também. Vamos ter que jogar de igual para igual, encarar eles da mesma forma que jogamos em todos os jogos, com a mesma vontade de vencer - declarou o camisa 10 raposeiro.

Para o jogo deste domingo, os desfalques são muitos. O lateral Weslley e o atacante Eduardo estão lesionados. A dupla se junta a Danillo Bala, que ainda está em fase final de recuperação. Com isso, Ruy Scarpino deve promover algumas mudanças no time que começa a partida contra o Flu de Feira.

A arbitragem vai estar por conta de Marcelo Alves dos Santos, com Jackson Timoteo Lopes e Eduardo Teodoro Rodrigues como auxiliares.

GE