Em nova denúncia, MP pede afastamento de dirigentes da Raposa e Belo

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) ofereceu nessa segunda-feira a segunda denúncia no tocante às investigações de um suposto esquema de manipulação de resultados que aconteceu no futebol paraibano. Dessa vez, o MPPB denunciou os presidentes do Campinense, William Simões, e do Botafogo, Zezinho Botafogo, e mais quatro dirigentes do Belo. Os mandatários do time de Campina Grande e da equipe pessoense são acusados pelo Ministério Público de fazerem parte do esquema de manipulação de resultados. O MPPB também pediu que todos os diretores sejam destituídos dos seus cargos nos dois clubes. A ação agora fica a cargo de análise do juízo da 4ª Vara Criminal de João Pessoa.

GE