Espectros recebe o Cavalaria e busca confirmar vaga nos playoffs regionais como líder do Nordeste

"A gente decide em casa" é a frase que o João Pessoa Espectros quer proferir nos próximos dias, no início da disputa na segunda fase do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano. Isso porque, já classificado para a fase de playoffs regionais, a equipe quer fechar a primeira fase com 100% de aproveitamento e, com isso, garantir privilégios durante o mata-mata. E, para isso, recebe o Cavalaria 2 de Julho, já sem chances de classificação, às 14h deste domingo, no Estádio Almeidão, em João Pessoa.

Caso vença o adversário, os Fantasmas irão carimbar a vaga na fase seguinte como líder da Conferência e, com isso, garantir alguns privilégios, como decidir os jogos em casa e enfrentar um adversário teoricamente mais fácil na fase de mata-mata.

Segundo o regulamento, as quatro equipes com melhores campanhas da conferência nordestina se classificam para os playoffs que decidem o título regional independente do grupo do qual faça parte, já que o Nordeste tem os grupos Norte e Sul. Desse modo, as duas primeiras equipes com melhor desempenho avançam de fase como mandantes. Os confrontos, por sua vez, também são distribuídos de acordo com as campanhas. O primeiro colocado enfrenta o quarto, enquanto o segundo duela com o terceiro.

Outro privilégio ao dono da melhor campanha na temporada regular é o direito de decidir a final regional também ao lado de sua torcida.

Invicto e líder isolado não só do Grupo Sul, mas também de toda a Conferência Nordeste, o Espectros só precisa de si mesmo para assegurar uma vida "mais fácil" na próxima fase. Se o cenário se confirmar, o time da capital paraibana irá enfrentar o Ceará Caçadores na semifinal da etapa regional. A equipe cearense é a segunda colocada do Grupo Norte, com três vitórias e duas derrotas até o momento.

Já o Cavalaria 2 de Julho chega a João Pessoa com duas vitórias, três derrotas e sem chances de classificação para os playoffs regionais. No entanto, o Espectros ainda pode esperar um adversário duro. Isso porque, mesmo sem chances reais de classificação, o time do Cavalaria irá em busca de assegurar a permanência na competição nacional para 2019. E, para isso, cada vitória ajuda a consolidar a vaga no ano seguinte. A equipe também não corre riscos de rebaixamento. Além do mais, levar o nome da Bahia para o país na tentativa de consolidar a modalidade no Estado é a missão principal do Cavalaria.

GE