Por causa de confusão no Sub-19, TJDF pune presidente, atleta e massagista do Nacional de Patos

Em reunião realizada nesta quarta-feira a noite, no Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB), a terceira comissão puniu o Atleta Pablo França do Nascimento do Nacional de Patos (Suspensão de 4 partidas).

Alisson Nunes Costa, o presidente do Nacional também foi penalizado (suspensão de 180 dias e multa de 8.000.00 mil reais de multa). Enquanto que, o Carlos Antônio B. Sousa  massagista do clube nacionalismo pegou pena (suspensão de 180 dias e 5.000.00 mil reais de multa).

A reunião aconteceu um mês depois da confusão envolvendo Nacional de Patos e CSP, pela fase semifinal do Campeonato Paraibano de Futebol Especial Sub 19, a Terceira Comissão Disciplinar do TJD-PB e presidida por Antônio José Araújo.

Alisson Nunes  estava indiciado no artigo 254-AII; Paulo França respondeu também pelo artigo 254-AII. Enquanto que  Carlos Antonio estava incurso no artigo 243-A, todos do CBJD.

O julgamento foi relacionado com a confusao no jogo entre Nacional de Patos e CSP que aconteceu no dia 12 do mês passado, no estádio José Cavalcanti, em Patos, com o placar apontando o empate de 1 a 1.

Com isso, a decisão da vaga foi conhecida nas cobranças de pênaltis, com vitória do CSP por 5 a 4. Depois do jogo, dirigentes, jogadores e parte da comissão técnica agrediram o árbitro da partida, Tiago Ramos.

Matéria: Só Esportes