quarta-feira, 17 de junho de 2020

Ainda sem treinador, presidente do Botafogo-PB comenta sobre Bonamigo: “não vem de primeira”

Sem técnico há quase 100 dias, o Botafogo-PB segue no mercado em busca de um novo comandante. O nome mais comentado nas últimas semanas foi o de Paulo Bonamigo, que atualmente está no Boavista-RJ. Entretanto, o presidente do clube, Sérgio Meira, falou ao Voz da Torcida que o treinador precisa ainda encerrar o Campeonato Carioca pelo Verdão.

— Bonamigo, que todo mundo fala, ele tem que terminar o campeonato lá no Rio de Janeiro, ele não vem de primeira — disse.

Além do acordo com o atual clube para encerrar o estadual, um outro obstáculo para a conclusão do negócio é a pedida salarial do técnico. Esse é um problema que a diretoria está tendo não só com Bonamigo, mas também em outras negociações.

— A gente não pode contratar um treinador com um valor muito alto, porque está fora da realidade. A tendência é a gente ter mais dificuldade com os salários em relação ao que já está. Eu não vou arriscar contratando um treinador com valor muito alto para que a gente não tenha um problema lá na frente — explicou.

Pesa também o fato do treinador ter pouca experiência recente no futebol nordestino — nesta década, apenas uma passagem pelo Fortaleza. Sérgio teme que o treinador que vier para o Belo não conquiste o Campeonato Paraibano, que, para ele, é obrigação.

— Primeiro, o treinador que vier para o Botafogo-PB agora, ele tem que ganhar o Paraibano. Se eu contratar um cara bom, um nome desses que tá se falando aí, e ele não conquistar o Paraibano, eu vou ter problema com a torcida, com a imprensa, com todo mundo. Ninguém vai aceitar o Botafogo-PB não ganhar o Paraibano — declarou.

A obrigação de conquistar o estadual e os problemas financeiras estão dificultando um consenso entre a diretoria, que ainda não chegou a um nome especifico. O receio é que, caso o clube não ganhe o Paraibano, tenha que arcar com o pagamento de mais uma multa rescisória.

Por isso, a cúpula botafoguense trabalha com bastante cautela. São diversas as opções de técnicos que foram oferecidos ou procurados pelo time da estrela vermelha.

— Tem 15 técnicos aqui para eu escolher. De graça a 100 mil reais por mês — sinalizou o mandatário.

Por enquanto, mesmo sem comandante, o Belo já começa a remontar seu elenco para o retorno do futebol, que parece estar próximo. Na última terça-feira (16), a equipe anunciou a renovação do meia Erivélton, contratado em 2019 e que permaneceu na Maravilha do Contorno até hoje, mesmo atuando pouco.

As atividades futebolísticas no Botafogo-PB seguem suspensas por causas da pandemia do novo coronavírus, mas a expectativa é de que os treinos do futebol profissional voltem no dia 29 de junho, a depender da prefeitura de João Pessoa.

Voz da Torcida