Com gol no fim Campinense vence Sousa no Amigão

A rigor, o Campinense jogou melhor. Teve mais posse de bola. E procurou mais o gol. Mas erra muito nas finalizações, o que complicava o desempenho do clube. Na verdade, pouco levou perigo ao gol de Pantera. Até que aos 39 minutos de primeiro tempo conseguiu enfim uma boa jogada. Maranhão avançou pela lateral e cruzou na medida para o gol de Renatinho. Estava aberto o placar. Veio o segundo tempo. E a escrita foi a mesma. A Raposa não levava muito perigo contra o rival, ainda que tivesse mais posse de bola. Parecia, inclusive, que já estava satisfeito com o placar. E aos poucos, o Sousa começou a se animar. A tentar algumas jogadas com Rodrigo Poty e éder Guerreiro, que entrara no segundo tempo. O ermpate, inclusive, saiu destes dois. O primeiro sofreu o pênalti após boa jogada ofensiva. E o segundo o converteu. Após o empate, inclusive, o Sousa partiu para cima. Teve ao menos uma boa chance com o mesmo éder, mas não empatou. O jogo caminhava para o empate, quando Maranhão brilhou novamente. Ele recebe cruzamento de Gilmar e definiu a partida.

O Campinense volta a jogar dentro de casa. Enquanto que o Sousa vai jogar mais uma vez fora de casa. As duas partidas acontecem na noite de quarta-feira, às 20h30. A Raposa enfrenta o Atlético de Cajazeiras no Amigão e o Sousa visita o Botafogo no Almeidão.

O Campinense segue como vice-líder. Com cinco vitórias em sequência, o clube já tem 21 pontos, mas segue quatro pontos atrás do Botafogo-PB, que neste domingo também venceu. Já o Sousa ficou estagnado nos 10 pontos, mas segue fora da zona de rebaixamento por causa da derrota do CSP para o Treze.

DESTAQUE DO JOGO:
Não tem para ninguém. Maranhão foi o nome do jogo. Para começar, ele deu o passe do primeiro gol do Campinense, que abriu o placar. Depois, quando a partida estava empatada em 1 a 1, ele decidiu a partida e deu a vitória para a Raposa ao marcar um gol aos 44 minutos do 2º tempo. A vitória de hoje teve participação dele.

GE