A pedido dos clubes, FPF anuncia antecipação das eleições para o comando da entidade

Logo após a notificação de que a intervenção da CBF na Federação Paraibana de Futebol (FPF) teria chegado ao fim e,ainda, o retorno de Amadeu Rodrigues para o cargo de presidente da instituição, a FPF adiantou por meio de nota a solicitação dos clubes que formam o Colégio Eleitoral da Federação, já acatada, pela antecipação das eleições para o comando da entidade.

Outrossim, merece destaque que os clubes que formam o Colégio Eleitoral da Federação Paraibana de Futebol protocolaram um pedido de antecipação das eleições, conforme art. 21, §25 do Estatuto, o qual será prontamente atendido, com a formação da Comissão Eleitoral e realização dos atos em conformidade com o Estatuto - diz o trecho da nota

O diretor executivo da federação, Eduardo Araújo, garantiu que o pedido já fora acatado e, a partir desta segunda-feira, os trâmites legais que regem o processo do pleito começarão a ser realizados. Em uma primeira especulação, o advogado projeta o início do mês de agosto como data para eleições.

- Fizemos uma rápida projeção. Precisamos publicar a convocatória três vezes em jornais no prazo de 30 dias para que a eleição possa ser realizada, e de acordo com isso acho que deve acontecer na 2ª segunda-feira de agosto - falou o diretor executivo.

A eleição só deveria ser realizada quatro meses antes do final do mandato do então presidente, no entanto, a antecipação é prevista no estatuto da instituição. Bem como a reeleição do mandatário prevista por mais uma candidatura quatro anos.

Veja na íntegra a nota emitida pela FPF:

GE