Treze perde para Iporá, mas garante vaga nas quartas de finais da Série D

Depois de vencer o Iporá por 2 a 0 e construir uma boa vantagem no jogo de ida, o Treze poderia até perder o jogo da volta por um gol de diferença. Foi o que aconteceu, mas o Galo tomou um susto ao estar perdendo por 2 a 0 aos 39 do primeiro tempo. Mas Marcelinho Paraíba marcou e garantiu a vaga para o Alvinegro.

Na primeira etapa, o Iporá tratou de fazer o dever de casa e partiu para cima do Treze desde os primeiros minutos de partida. Por sua vez, o Galo ameaçava com os chutes de longa distância e as cobranças de bola parada de Marcelinho Paraíba, além do incisivo Ceará, que deu trabalho à defesa dos donos da casa pelo lado esquerdo de ataque. Mas foi o Iporá que saiu na frente. Logo aos 15 minutos da etapa inicial o Lobo Guará abriu o placar após uma cobrança de escanteio do meia Mayron. No bate-rebate na área, a bola sobrou para o zagueiro Ricardo, que mandou para o fundo das redes. Imediatamente após sofrer o gol o Treze partiu para o ataque, mas não conseguia acertar a pontaria. Aos 39 minutos o Iporá voltou a mexer no placar, após um chutão da defesa. Saulo ganhou a disputa pela bola e invadiu a área para tocar no canto de Mauro Iguatú. Com o resultado os donos da casa estavam levando a partida para os pênaltis. Mas aos 48 minutos da etapa inicial o zagueiro Brumati cobrou falta na defesa e lançou a bola para Leílson, que cruzou na área e Marcelinho Paraíba diminuiu para o Galo.

Com o resultado a seu favor, o Treze passou a cadenciar o jogo e tentou controlar o ritmo da partida. Já o Iporá partiu para o tudo ou nada e foi para ataque, dando mais espaço aos contra-ataques do Galo, que acionava sempre a velocidade de Ceará. Além disso, o Treze buscava faltas próximas à grande área do Iporá para que Marcelinho Paraíba levasse perigo na bola parada. Em uma delas, o camisa 10 do Galo bateu e a bola foi desviada pela barreira, obrigando o goleiro Clériston a fazer uma grande defesa. Contudo, o placar seguiu inalterado e o Treze garantiu a classificação às quartas de final.

Agora o Treze aguarda o fim dos jogos. Isso porque os confrontos das quartas de final serão definidos da seguinte forma: Os oito clubes classificados serão ordenados conforme a soma de pontos de cada um na classificação geral, levando-se em consideração as três primeiras fases, e os confrontos serão entre o 1° e o 8°, o 2° e o 7°, e assim sucessivamente.

Resumão GE