Chapa de Michelle Ramalho traz de volta família de Rosilene Gomes ao futebol paraibano

A candidatura de Michelle Ramalho trouxe de volta aos holofotes do futebol paraibano um nome que andava afastado há algum tempo. Na chapa da auditora do STJD e ex-advogada do Treze Futebol Clube, consta o nome de Thalita Gomes, que é neta da ex-presidente da FPF, Rosilene Gomes, que ocupou o principal cargo do futebol paraibano por mais de 20 anos e que voltou à cena durante esse período pré-eleitoral de 2018.

- Na verdade, a família Gomes nunca se afastou do futebol da Paraíba. O afastamento aconteceu da Federação após a saída da ex-presidente Rosilene Gomes, mas eles sempre estiveram envolvidos e trabalhando para fortalecer o esporte. Acredito que a presença de Thalita vem para somar ainda mais para a nossa candidatura - comentou Michelle Ramalho.

Recentemente, ainda durante as discussões para a formação das chapas na eleição, o filho da ex-presidente Rosilene, Sandro Gomes, demonstrou interesse em concorrer ao cargo, mas essa intenção não foi à frente. A chapa, intitulada “Unidos Somos Fortes”, tem ainda como vice-presidentes Nosman Barreiro Filho, filho de Nosman Barreiro, vice-presidente afastado da FPF, e Marcílio Braz, atual presidente do Conselho Fiscal da entidade.

A eleição que vai apontar quem será o próximo, ou a próxima, presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF) está marcada para acontecer no dia 29 desse mês de setembro.

GE